Páginas

domingo, 16 de setembro de 2012

Mãos - Ninguém triunfa sozinho


Esta semana recebi um email de uma pessoa especial que conheci assim que entrei na Rede e de cara acreditou no meu trabalho, professora Davina Moraes. O tempo vem passando e o crescimento sem dúvida vem ocorrendo, mas a minha torcida é para que tudo contribua para o meu o avanço espiritual e para o que eu nasci: para a Glória de Deus.

O email com o título 'MÃOS" não li de imediato quando chegou na caixa de entrada, porém abri no momento em que fui marcada no Facebook com a mesma e seguinte referência: 'Com as mãos ungidas não há mal que resista' da companheira de jornada Patrícia Fonseca e recordei-me que algum tempo atrás ela já havia me falado sobre este assunto, daí lembrei da 'inbox'. [E haja lembranças, rsrsrs].

O texto está transcrito logo abaixo, contudo no momento da leitura relances fortes na mente vieram também de Neide profissional da Arte da Pintura e também minha irmã. Fatos tratados com toda a sensibilidade nesta cativante história de homenagem, dedicação, sacrifício, reconhecimento, caminhos traçados... e amor.

Portanto, juntos, os que se interessam pela vida além da aparência, pelas coisas que podem ser vistas não só com olhos, para os autossuficientes e para os que creem no Deus que é o Rei do Universo; este texto é para vocês.


No século XV, numa pequena aldeia perto de Nuremberga
vivia a família Durer com vários filhos.
Para ter pão na mesa para todos, o pai trabalhava cerca de18 horas 
diárias nas minas de carvãoe em qualquer outra coisa que se apresentasse.
Dois dos seus filhos tinham um sonhoSerem pintores.

Mas sabiam que o pai jamais poderia mandar  algum deles para a 
Academia de Pintura. Depois de muitas noites de conversas e 
troca de ideias, os dois irmãos chegaram a um acordo.
Atirariam uma moeda ao ar e o que perdesse trabalharia nas minas 
para pagar os estudos ao que ganhasse. Quando terminasse o curso, 
o vencedor pagaria os estudos ao outro com  a venda de suas obras. 
Assim, os dois irmãos poderiam ser artistas. Lançaram  a moeda ao ar 
num domingo ao sair da IgrejaQuis a sorte que fosse Albrecht a ganhar e
assim  foi  estudar pintura em Nuremberga.

O outro irmão, Albert, começou o perigoso trabalho nas  minas, 
onde permaneceu nos quatro anos seguintes para pagar os estudos 
de Albrecht, que desde a primeira hora fez sensação na Academia.
As gravuras de Albrecht, os seus entalhados e os seus óleos 
chegaram a ser muito melhores que os de muitos dos seus professores
Quando se formou, ganhava consideráveis somas com a venda das suas obras.

Quando o jovem artista regressou à sua aldeia, a família Dürer reuniu-se
para uma ceia festiva em sua homenagem Ao finalizar a memorável festa
Albrecht levantou-se e propôs um brinde ao seu irmão Albert que tanto se 
havia sacrificado, trabalhando nas minas para que o seu sonho de estudar 
se tornasse realidade
E disse: "Agora, meu irmão, chegou a tua vez.
Agora podes ir para Nuremberga e realizar os teus sonhos, que eu me 
encarregarei de todos os teus gastos". 


Todos os olhos se voltaram, cheios de expectativa, para Albert.

Este, com o rosto lavado em lágrimas, levantou-se e disse suavemente:

"Não irmão, não posso ir para NurembergaÉ muito tarde para mim.

Estes quatro anos de trabalho nas minas  destruíram-me as mãos.
Cada osso dos meus dedos partiu pelo menos uma vez, e a artrite 
da minha mão direita tem avançado tanto que até tenho dificuldade em 
levantar o copo para o teu brinde.
Não poderia trabalhar com delicadas linhas, comcompasso ou com
pergaminho  e não poderia manejar a pena nem o pincel. Não irmão, para mim é
tarde. Mas estou feliz  por as minhas mãos disformes terem servido para que as tuas
agora tenham cumprido o seu sonho".

Mais de 450 anos decorreram desde esse dia.
Hoje as gravuras, óleos, aguarelas, entalhes e demais obras de
Albrecht Dürer podem ser vistos em muitos museus de todo o mundo.
Mas seguramente vocês, como a maioria das pessoas, se recordam 
de uma obra. Talvez alguns tenham até uma  reprodução  em casa.
Para render homenagem ao sacrifício de seu irmão, Albrecht Dürer 
desenhou as mãos maltratadas de seu irmão, com as palmas unidas e os dedos
apontando ao céu.
Chamou a esta poderosa obra simplesmente "Mãos", mas o mundo inteiro 
abriu de imediato o coração à sua obra de arte e alterou o nome da obra para: 
"Mãos que oram".






Na próxima vez em que vires uma cópia desta obra, olha-a bem.
E, oxalá te sirva, para que, quando te sentires demasiado orgulhoso do que fazes
e muito seguro de ti mesmorecordes que na vida
"ninguém nunca triunfa sozinho!"

                        Edvanil FonsecaRosa vermelha





4 comentários:

Patrícia Fonseca disse...

Permita Deus que nunca nos esqueçamos desta lição!
Um grande beijo.

Edvanil Fonseca disse...

Oxalá! Nunca mesmo mana Patrícia Fonseca.
Outro grandão para você.

[E.≠]

Neide disse...

Concordo Patrícia...que nunca nos possibilite esquecer.
Beijos

Fruto do Espírito disse...

Com carinho para você!

SALMO 23

O SENHOR É MEU PASTOR,
Isto é relacionamento!

NADA ME FALTARÁ,
Isto é suprimento!

CAMINHAR ME FAZ EM VERDES PASTOS,
Isto é descanso!

GUIA-ME MANSAMENTE A ÁGUAS TRANQUILAS,
Isto é refrigério!

REFRIGERA A MINHA ALMA,
Isto é cura!

GUIA-ME PELAS VEREDAS DA JUSTIÇA,
Isto é direção!

POR AMOR DO SEU NOME,
Isto é propósito!

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE,
Isto é provação!

EU NÃO TEMEREI MAL ALGUM,
Isto é proteção!

PORQUE TU ESTÁS COMIGO,
Isto é fidelidade!

A TUA VARA E O TEU CAJADO ME CONSOLAM,
Isto é disciplina!

PREPARAS UMA MESA PERANTE MIM NA PRESENÇA DOS MEUS INIMIGOS,
Isto é esperança!

UNGE A MINHA CABEÇA COM ÓLEO,
Isto é consagração!

E MEU CÁLICE TRANSBORDA,
Isto é abundância!

CERTAMENTE QUE A BONDADE E A MISERICÓRDIA ME SEGUIRÃO TODOS OS DIAS DE MINHA VIDA,
Isto é benção!

E EU HABITAREI NA CASA DO SENHOR,
Isto é segurança!

POR LONGOS DIAS,
Isto é eternidade!

Que o Senhor te abençoe e te guarde!

***Lucy***
http://frutodoespirito9.blogspot.com/

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu, deixo aqui o meu convite.

Paz, saúde e felicidades a você e toda sua família é o meu desejo e oração.

Em Cristo,

***Lucy***

P.S. Visite também:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/
Temas bíblicos e mensagens abençoadoras.

Postar um comentário

Estou feliz pelo seu comentário!!!
Volte sempre que quiser, prazer em receber.