Páginas

segunda-feira, 30 de maio de 2011

OFERTA AO SENHOR



Aceita, hoje, Senhor, meu Deus,
Minha oferta depositada em teu altar.
Não tenho jóias para adorná-lo
Nem sacrifício grandioso para Ti.
Todavia aqui eu trago, com mãos trêmulas,
Minha vontade, algo que parece tão pequeno.
E só Tu, amado Deus, és capaz de compreender
Que, ao entregá-la, entrego tudo.
Ela está molhada de lágrimas e embaçada com meus suspiros.
Presa em meu ser, ela perdeu toda a beleza.
Então, daí, do escabelo de teus pés, onde ela está,
Sobe a Ti a petição: "Faça-se a Tua vontade!"
Pega-a, Pai, antes que minha coragem acabe.
Une-a à Tua vontade, de tal forma,
Que, se num momento de desespero meu clamor prevalecer,
E Tu me devolveres essa oferta,
Que ela esteja tão mudada, tão purificada, tão bela,
Tão unida a Ti, tão cheia de Tua paz,
Que eu não mais a veja como sendo minha,
E ao receber de volta a minha vontade, eu perceba que ela é Tua.

Tudo que tenho estou entregando a Ti!

Lettie Cowman

In: Mananciais no deserto - P.197 - Volume 2

Um comentário:

Patrícia Fonseca disse...

Saudades.
Obrigada pela presença e os comentários lá bo blog.
Um abração,mana.

Postar um comentário

Estou feliz pelo seu comentário!!!
Volte sempre que quiser, prazer em receber.